Somos a turma do 4ºA da E.B.I. Elias Garcia na Sobreda. Neste blog mostramos as actividades que fazemos na sala de aula. Esperamos que se divirtam connosco!

27
Mar 09

Para esta Páscoa nada melhor que uma mensagem cheia de amor e ternura.

 

 

 

publicado por Vanda Jorge às 21:43

Hoje terminámos o 2º período em grande. Querem ver?

 

 

publicado por Vanda Jorge às 21:10

26
Mar 09

Quando voltámos dos jogos de Matemática fizemos o postal e o presente da Páscoa.

O postal é um coelho muito engraçado e o presente é uma flor, assim, celebramos a Páscoa e a Primavera!

Lembram-se da mãe da Rita e dos ovos coloridos? Pois é, aproveitámos esses ovos para fazer as nossas flores. E que belas flores!

 

 

publicado por Vanda Jorge às 23:48

publicado por Vanda Jorge às 23:27

publicado por Vanda Jorge às 22:26

24
Mar 09

Como nós adorámos as actividades com o livro "Adivinha quanto eu gosto de ti", a professora resolveu propor-nos mais um desafio. Colocou um tecido no quadro e pediu-nos para imaginar as respostas das personagens à pergunta: adivinha quanto eu gosto de ti?

Trabalhámos em pares e a professora adorou o resultado.

 

 

Aqui ficam algumas frases:

 

O pequeno peixe azul pergunta:

- Adivinha quanto eu gosto de ti?

O grande peixe azul responde:

- Gostas de mim até à ponta das minhas barbatanas!

 

Ana Cláudia e Miguel

 

A pequena aranha preta pergunta:

- Adivinha quanto eu gosto de ti?

A grande toupeira cinzenta responde:

- Gostas de mim até ao túnel mais fundo que já escavei!

 

Daniela e Catarina

 

O pequeno mocho castanho pergunta:

- Adivinha quanto eu gosto de ti?

O grande mocho castanho responde:

- Gostas de mim até ao fim da noite!

 

Lara e Pedro

 

A pequena raposa castanha pergunta:

- Adivinha quanto eu gosto de ti?

A grande raposa castanha responde:

- Gostas de mim até onde consigo correr!

 

Ana Rita e Alexandre

 

O pequeno urso castanho pergunta:

- Adivinha quanto eu gosto de ti?

A grande raposa castanha responde:

- Gostas de mim até à ponta da minha cauda!

 

Cristiana e Mariana Soares

 

O pequeno rato castanho pergunta:

- Adivinha quanto eu gosto de ti?

O grande peixe azul responde:

- Gostas de mim como de todos os queijos que tu comes!

 

Mariana Freitas e Rui

 

O pequeno duende cor - de - pele pergunta:

- Adivinha quanto eu gosto de ti?

O grande pinheiro verde responde:

- Gostas de mim até à ponta das minhas folhas!

 

Cláudia Adriano e Denise

 

O sapo verde pergunta:

- Adivinha quanto eu gosto de ti?

A grande minhoca castanha responde:

- Gostas de mim até ao máximo que me consigo esticar!

 

Ulisses e Sandy

 

O pequeno peixe azul pergunta:

- Adivinha quanto eu gosto de ti?

O grande peixe azul responde:

- Gostas de mim até ao fundo do mar!

 

Cheila e Ricardo

 

O pequeno urso castanho pergunta:

- Adivinha quanto eu gosto de ti?

O grande urso castanho responde:

- Gostas de mim como de um milhão de potes de mel!

 

Ana Sofia e Edi

 

A pequena aranha preta pergunta:

- Adivinha quanto eu gosto de ti?

A pequena toupeira cinzenta responde:

- Gostas de mim da vila até à cidade!

 

Susana e Thalyta

 

Que tal? Temos ou não muita imaginação?

 

publicado por Vanda Jorge às 21:08

Hoje fomos à biblioteca assistir a uma sessão de leitura preparada pela turma do 6ºG. Os textos lidos foram poesia e no final a professora Isaura fez-nos algumas perguntas sobre os poemas ouvidos e se gostamos de ler.

Queremos agradecer à professora Isaura o convite e aos alunos do 6ºG que nos leram os poemas.

 

 

Aqui fica um pouquinho de poesia...

  

 

 

 

publicado por Vanda Jorge às 20:56

publicado por Vanda Jorge às 11:31

Ingredientes:

 

350 kg de sementes coloridas

toneladas de terra

toneladas de estrume

70 borboletas

80 joaninhas

90 abelhas

30 colmeias

60 árvores com ninhos e pássaros

Sol q.b.

chuva q.b.

 

Para a receita ser bem sucedida, precisamos de:

 

um terreno com planícies, planaltos e vales. Espalha-se as toneladas de terra juntamente com as de estrume.

Com muito cuidado planta-se as sementes coloridas e as árvores q.b.

Depois das flores desabrocharem, espalhar as abelhas, as borboletas, as joaninhas e os pássaros.

Colocar as colmeias e os ninhos nas árvores.

Não esquecer de repetir várias vezes as acções, de substituir as flores e as flores murchas e tratar dos animais.

Para termos um Primavera a 21 de Março bonita e florida até ao dia 21 de Junho.

 

Quem consumir muita esta receita poderá sentir alergia, mas muita alegria!

 

Autora: Bruna Fena

 

Já fizemos esta receita na sala!

 

 

 

 

 

publicado por Vanda Jorge às 10:49

19
Mar 09

Como hoje é Dia do Pai podemos dizer-lhe: adivinha quanto eu gosto de ti.

Foi com um livro que tem este título que fizemos imensas actividades. Querem ver?

 

 

Primeiro a professora mostrou-nos um cartaz com muitas personagens de histórias e estivemos a conversar sobre a importância de ler, as aventuras que se podem viver nos livros, as personagens que se podem conhecer e muito, muito mais...

 

 

De seguida, a professora leu-nos o livro "Adivinha quanto eu gosto de ti" e mostrou-nos as imagens. Estivemos muito atentos porque depois da leitura houve perguntas sobre a história ouvida!

 

 

 

Um das perguntas foi pensarmos noutras formas de acabar a frase: Gosto de ti até...

Vejam algumas das nossas respostas:

  • Gosto de ti até ao Sol.
  • Gosto de ti até outra Galáxia.
  • Gosto de ti até ao fim do mundo.
  • Gosto de ti até ao fundo do meu coração.

A professora também nos mostrou um pequeno filme que conta esta história. Querem ver?

 

 

 

De seguida a professora pediu para vermos a última página e para darmos a nossa opinião. Será que a pequena lebre castanha está a dormir ou acordada? Cada um deu o seu palpite. Também respondemos sobre o que achávamos que a pequena lebre estava a pensar ou sonhar. Aqui ficam algumas ideias:

  • A lebre pequena ficou a pensar no que irá dizer da próxima vez...
  • Ela está a pensar que nunca irá dizer nada maior do que a lebre grande.
  • A pequena lebre adormeceu, mas estava a pensar: nunca mais consigo ganhar...
  • A pequena lebre estava quase a adormecer e pensava: "nunca mais consigo pensar numa coisa que demonstre ainda mais amor..."
  • Quando o livro acaba, ficamos na dúvida se a lebrezinha está acordada ou a dormir e fica na nossa imaginação o que as lebres estão a pensar. Ficamos com vontade de ler mais.

 

Com os livros podemos fazer mil coisas, até música. Foi o que fez o André Sardet, ele pegou numa frase do livro e escreveu uma bela canção. Estivemos a ouvir com muita atenção, vejam lá que até fechámos os olhos!

 

 

Depois de ouvirmos a canção, a professora perguntou o que sentimos enquanto a canção estava a tocar. Sabem o que respondemos?

  • amor
  • fiquei com saudades do meu pai
  • imaginei que estava no hospital com a minha prima que vais nascer
  • lembrei-me do final do ano, dos passeios com os meus colegas
  • pensei na minha irmã
  • muitas saudades do meu cão que já está velhinho e é muito meu amigo
  • gostaria que o meu pais estivesse comigo aos fins de semana
  • pensei em amor, ternura e amizade
  • humanidade e amizade
  • senti-me perto das pessoas que amo
  • lembrei-me da minha cadela que morreu
  • a amizade da minha família. A amizade é muito importante.

     

De seguida, estivemos a pensar como poderíamos completar a letra da canção com outras palavras, por exemplo, em vez de já pensei dar-te uma flor podemos dizer já pensei dar-te um beijinho, ou um chocolate, ou um carinho, ou um passarinho... ideias não faltaram! Podemos comprovar...

 

  • Dar-te: um beijinho, um chocolate, amor, carinho, xi coração, livro...
  • Com: paixão, amor, abraço, uma carta, um desejo...
  • Sinto: as mãos, os lábios, o peito, a barriga...

Mas a verdade, é que a canção tem uma letra própria e foi essa que tivemos de descobrir para preencher uma ficha.

 

 

Fizemos a correcção da letra cantando, somos muito afinadinhos. Oiçam só um pouquinho...

 

 

 

A seguir a professora ensinou-nos o refrão da canção em Língua Gestual. Mas ela fez a canção toda com gestos! Foi bom aprender uma canção noutra Língua!

 

 

E como é Dia do Pai ainda usámos imagens e frases deste livro para completar a prenda dos nossos pais. Pois é, vamos oferecer um calendário e um marcador de livros cheios de miminhos!

Vejam como fizemos os calendários...

 

 

A primeira parte do calendário diz: Pai adivinha quanto eu gosto de ti... a segunda parte diz: gosto assim! E a terceira parte diz: Gosto de ti até à Lua!

 

 

E agora os marcadores de livros...

 

 

As prendas todas e os nossos embrulhos (bem originais e recicláveis)...

 

 

A professora pediu para fazermos a pergunta do livro aos nossos pais. Aqui ficam algumas respostas:

 

Pai, adivinha quanto eu gosto de ti...

  • Gostas de mim de Portugal até ao Brasil. Duas vezes!
  • Gostas de mim até ao céu!
  • Gostas de mim desde onde eu te conseguir abraçar!
  • Gostas de mim como do maior chupa-chupa do mundo!
  • Gostas de mim infinitamente!
  • Gostas muito, muito, muito do tamanho do mundo!

 

Quando a professora perguntou o que nos trazem os livros sabem o que respondemos? 

Os livros trazem-nos aventuras, emoção, saudades, criatividade, sentimentos, conhecimento e muita acção!

 

Digam lá se não se fazem mil coisas com os livros?

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Vanda Jorge às 21:21

Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
17
20
21

22
23
25
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO